GO paga pensão a quem trabalhou no desastre

- O Estado de S.Paulo

Quase 21 anos depois, 199 servidores públicos que trabalharam durante o acidente radioativo com o Césio-137 serão indenizados pelo governo de Goiás. Os servidores atuaram no socorro das vítimas, limpeza de áreas e segurança de imóveis, muitas vezes sem informação sobre os riscos à saúde, e receberão pensão vitalícia mensal de R$ 482.