Fernanda Gentil lamenta morte de cachorra de estimação: 'Que dor'

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentadora compartilhou em suas redes sociais um texto de despedida para Nala

Fernanda Gentil e seu cachorra Nala. 

Fernanda Gentil e seu cachorra Nala.  Foto: Instagram/@gentilfernanda

Fernanda Gentil usou as redes sociais para se despedir de sua cachorra de estimação Nala, que morreu nesta quinta-feira, 30. Ela possuía uma deficiência física causada por um tumor, que acabou comprometendo suas patas.

A apresentadora compartilhou um texto e imagens com o animal. "Dividiu quase 16 anos da minha vida. Te peguei como uma menina de 20 anos, te vi partir como uma mulher de 35. Você viu Lucas chegar, Gabriel chegar. Você viu as minhas transformações", escreveu.

Ela também falou sobre ter optado por uma eutanásia para evitar que Nala seguisse sofrendo. "Foi a decisão mais difícil da minha vida, mas movida pelo maior amor que já senti."

"Sempre combinei com você que enquanto o esforço fosse meu para que você ficasse aqui, estava tudo certo. Mas quem começou a fazer mais esforço para você ficar foi você mesma. E eu não estava aguentando ver isso acontecer", completou.

Fernanda disse estar triste pela falta da companheira. "Nossa, que dor. Que difícil acreditar. Que saudade. Que buraco aqui dentro de mim e dentro da casa, do nosso quarto, da nossa sala. Agora, vou ter que passar por todas as dolorosas 'primeiras vezes' sem você", lamentou.