Exumado corpo de padre Donizetti

- O Estado de S.Paulo

Os restos mortais do padre Donizetti, falecido em 1961 e sepultado em Tambaú, região de Ribeirão Preto, foram exumados ontem de madrugada, sob sigilo. O procedimento faz parte do processo de beatificação do vigário, que atuou na cidade paulista durante 36 anos. O túmulo, assim como a antiga casa do religioso, que será transformada em museu, é um dos pontos turísticos de Tambaú, que recebe todos os fins de semana romarias de fiéis em busca de milagres atribuídos ao padre - entre 10 mil e 12 mil pessoas ao mês.