Ex-médico vai a júri por mais 4 mortes

- O Estado de S.Paulo

Dionísio Marcelo Caron, de 45 anos, será julgado por outros quatro casos de morte por erro médico. Ele ainda responde por deformações físicas em 29 pacientes. O médico cassado foi condenado anteontem à noite pelo Tribunal do Júri de Goiás a oito anos de prisão em regime semiaberto e a multa de R$ 30 mil por danos morais pela morte da advogada Janet Virgínia Novais Faleiro, que teve o intestino perfurado após lipoaspiração.