Estudo aponta risco alto de epidemia no Rio

- O Estado de S.Paulo

Alguns bairros da zona norte do Rio, como Coelho Neto e Ilha do Governador, estão com taxas de infestação por larvas do mosquito da dengue superiores a 4%, o que indica alto risco de epidemia, mostra o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti. Bairros de elite, como Ipanema e Barra da Tijuca, têm índices que, segundo a OMS, definem estado de alerta: entre 1% e 2%.