Em UBS, enfermeiro faz exame pré-natal

- O Estado de S.Paulo

Por falta de médicos ginecologistas e obstetras na Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Vista Alegre, zona norte de São Paulo, um enfermeiro prescrevia remédios e fazia consultas de pré-natal. A prática é considerada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de SP exercício ilegal da medicina. Ontem, a Secretaria Municipal de Saúde afastou o enfermeiro e abriu sindicância para apurar as irregularidades. Para Ranielly Cristina dos Santos, 19 anos, grávida de cinco meses, por exemplo, foi prescrito um remédio não recomendado a gestantes.