Em SP, fórum vai debater mudanças em vestibulares

Ana Bizzotto - O Estado de S.Paulo

Foi proposta ontem em reunião do Conselho Estadual de Educação (CEE) a criação de um fórum para discutir os vestibulares das universidades estaduais paulistas. A ideia, sugerida pelo representante da Secretaria de Ensino Superior, Carlos Vogt, foi bem recebida pelos representantes das Universidades de São Paulo (USP), Estadual Paulista (Unesp) e Estadual de Campinas (Unicamp) presentes à reunião.O fórum reuniria representantes das universidades, das Secretarias da Educação e Ensino Superior e do Conselho de Reitores das Universidades Paulistas. "O objetivo é propor modificações que representem um passo objetivo para a necessária integração dos níveis educacionais do Estado", disse Vogt.Representante da Secretaria da Educação, Maria Inês Fini sugeriu que o fórum discuta a unificação da primeira fase do vestibular das estaduais. "Essa discussão só tende a trazer benefícios. Para o ensino médio de São Paulo seria maravilhoso, 70% dos alunos fazem as três provas."A proposta é semelhante à apresentada pelo Ministério da Educação de usar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para substituir o vestibular nas federais.A reunião do CEE foi convocada para votar a mudança de uma resolução de 1997 e aumentar o poder do conselho na articulação entre ensino médio e superior. A proposta não foi votada, mas as estaduais puderam justificar mudanças que serão feitas em seus exames. A diretora da Fundação Vunesp, Tânia Azevedo, e a pró-reitora de Graduação da USP, Selma Garrido, garantiram que o conteúdo do programa dos exames não será alterado. "O que houve foi um redimensionamento da prova", explicou Tânia.