Doença é uma das mais antigas

- O Estado de S.Paulo

A hanseníase é tida como uma das mais antigas doenças conhecidas pelo homem. Causada por uma bactéria capaz de infectar grande número de pessoas, o bacilo de Hansen, ela provoca lesões na pele, nódulos, emagrecimento, dor nas juntas. Quando não tratada, pode provocar deformidades e perda muscular. A transmissão é por via respiratória.No Brasil, a doença apresenta tendência de estabilização do número de casos, mas ainda em patamares muito altos no N, CO e NE. Em número de casos, o País perde só para a Índia. Atualmente, a doença é tratada com a associação de medicamentos, chamada poliquimioterapia. Com a introdução dessa terapia, organismos internacionais começaram a trabalhar pela eliminação da doença como um problema de saúde pública."É uma tarefa factível. Países que contam com piores condições sociais e sistemas de saúde incomparavelmente menos desenvolvidos que o SUS, como a Índia, Angola e Moçambique, conseguiram", afirma Jarbas Barbosa, da Organização Pan-Americana de Saúde.