Diminuem casos da doença no Rio Grande do Sul

Elder Ogliari, PORTO ALEGRE - O Estado de S.Paulo

Diminuem casos da doença no Rio Grande do Sul

A velocidade de expansão da gripe suína começou a cair em todo o Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada ontem pela Secretaria Estadual da Saúde, com base na comparação dos dados dos últimos 30 dias. O número de notificações chegou ao pico de 1.003 casos na última semana de julho e depois baixou para 943 na primeira, 616 na segunda e para cerca de 200 na terceira semana de agosto. Diante do novo quadro, o secretário da Saúde, Osmar Terra, anunciou que vai revogar amanhã a portaria que suspendeu as cirurgias eletivas. No fim de julho o Estado tinha 300 pacientes de gripe internados em UTIs. Atualmente são 150. As aulas no Estado também serão retomadas amanhã por causa da diminuição no número de casos.Até agora, segundo a secretaria, estão notificados 4.865 casos no Estado, com 93 mortes confirmados e outras 147 aguardando confirmação de exames. A Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, confirmou ontem a morte de mais uma criança vítima da nova gripe. A menina tinha 8 anos. Foi o segundo caso de morte no município. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil registrava 486 mortes pela doença até anteontem. São Paulo é o Estado com o maior número de vítimas: 179. Em seguida está Paraná, com 142.