Dicas

- O Estado de S.Paulo

Sistema completo para captação de água de chuva. Vem com telha, calha, tubos, caixa de areia para filtragem e reservatório. Tudo simples e fácil de instalar. O inconveniente é que até esse passo, tudo é muito fácil, mas, para utilizar água de chuva no vaso sanitário, é preciso separar a tubulação da bacia do resto da casa. Além disso, é preciso uma segunda caixa d?água e uma bomba para jogar a água armazenada no reservatório de baixo. É recomendável que haja um sistema de válvula para trocar o abastecimento entre a água de chuva e a encanada na estiagemTorneira com sensor por toque. Toca e ela funciona por um determinado tempo. Se quiser desligar antes, é só tocar novamente. Promete ser mais econômica do que a versão mecânica e mais funcional do que a por sensor de presença, que quase não funciona. Usa energia elétrica e tem um visual futuristaCozinha feita em madeira de reflorestamento tratada, esquadrias de alumínio reciclado e peças de aço inox. A da foto acima foi instalada na Casa Aqua, na Feicom 2009. A madeira recebeu tratamento contra umidade. Além disso, foram usados pequenos perfis, que facilitam o reaproveitamento de várias peças de madeira Bacias de 6 litros e descargas de dois estágios. Ela libera 3 litros d?água para líquidos e o total da bacia acoplada para sólidos. Até o início da década, as privadas gastavam 9 litros a cada descarga. O fabricante ainda oferece a possibilidade de trocar apenas o sistema de controle das descargas antigas de um para dois estágios