Defesa critica sensacionalismo

Bruno Tavares - O Estado de S.Paulo

O criminalista José Luís Oliveira Lima, que defende o médico Roger Abdelmassih, reagiu com indignação à divulgação do relatório confidencial produzido pelo Cremesp. "É preocupante que um procedimento sigiloso seja vazado para criar sensacionalismo", disse. "No tocante à decisão, é preliminar e será dada ampla defesa ao dr. Roger", assinalou o advogado. "Não há nada que preocupe, uma vez que o dr. Roger tem tranquilidade sobre os procedimento que adotou em sua carreira de sucesso."

O advogado vê com naturalidade o fato de a juíza da 16.ª Vara Criminal ter solicitado cópia do relatório antes de decidir sobre o pedido de reconsideração do decreto de prisão contra Abdelmassih. "O Cremesp, quando determinou a sindicância, já poderia ter determinado a suspensão do dr. Roger. Não o fez porque não havia elementos", diz Oliveira Lima. "Só após a prisão e o sensacionalismo gerado em torno do caso é que a entidade foi no canto da sereia para aplaudir uma parcela da opinião pública."