De cachorrinha faminta a mamãe de galinhas

Redação - O Estado de S.Paulo

Cadela foi treinada a não comer as galinhas da dona e aprendeu muito mais que isso

Uma cadelinha dos EUA adotou pintinhos como se fossem filhotes de cão

Uma cadelinha dos EUA adotou pintinhos como se fossem filhotes de cão Foto: Pedro Silveira e Tiago Queiroz/ Estadão

Um casal dos Estados Unidos estava cansado de ver suas galinhas atacadas por sua cadela Flame, por isso resolveu realizar um treinamento com ela. Eles decidiram que ela deveria aprender que galinhas são amigas, não alimento. O treinamento consistia em colocar dois pintinhos indefesos na cama de Flame e vigiá-la de perto. A cachorrinha tremia para se controlar, os pintinhos tão perto a faziam babar. Mas qualquer ato indevido era respondido com broncas por seus donos.

Passado um minuto ou dois, os donos tiravam as aves de perto da cadela e a recompensavam com um delicioso sanduíche de presunto. O treinamento avançou dessa forma por dias, com o número de pintinhos na cama de Flame aumentando e também o tempo em que os animais passavam juntos. Os pintinhos a amavam e se aninhavam em suas costas para se aproveitar do seu calor. Ela ficava um pouco incomodada, mas os tolerava.

Até que, um dia, tomamos um susto: Flame lambeu um dos pintinhos. Assustada, sua dona tirou a ave de perto da cachorrinha, brigando com ela. A dona não aceitaria nenhuma recaída! Mas a cadela continuou fazendo isso. Ela também passou a empurrar os animaizinhos com o focinho.

A princípio os donos não entenderam aquele comportamento, até que descobriram que Flame, toda vez que ficava próxima de filhotes, começa a produzir leite. Ela nunca teve filhotes, pois era esterilizada. Ela então adotou os pintinhos como se fossem seus filhotes! Ela levou isso ao pé da letra e começou a tratá-los como se fossem filhotes de cachorro.

Agora o casal tem onze galinhas que já não correm mais perigo de serem devoradas por Flame porque ela as ama. Ela fica feliz quando ouve as aves chegando e faz questão de inspecionar se estão todas bem. Quando uma está faltando, ela a procura até achar. Ela tenta ensiná-las a brincar, mas elas não entendem muito bem.

Essa é a história de como Flame se tornou uma mamãe galinha. Confira algumas fotos dessa bela história: