Curso modernizou currículo

- O Estado de S.Paulo

A Faculdade de Direito do Largo São Francisco modernizou recentemente o projeto pedagógico e a grade curricular. As disciplinas obrigatórias são 60% do currículo. O restante é escolhido pelos alunos de acordo com o interesse. Segundo o diretor João Grandino Rodas, candidato a reitor da USP, as mudanças eram reivindicação antiga de estudantes. Além disso, as classes com mais de 100 alunos foram reduzidas e hoje há cerca de 50. A diretoria iniciou um projeto de reforma para aumentar o número de salas e modernizar outras. Parte tem sido custeada com doações de ex-alunos ilustres. A faculdade foi criada em 1827, mesmo ano em que surgiu um curso de Direito em Olinda. Em 1934, com a fundação da USP, foi integrada à instituição.