Currículo e estágio fazem a diferença

Fabiana Cimieri, RIO - O Estado de S.Paulo

Na PUC do Rio, as turmas são pequenas

A coordenadora do Departamento de Pedagogia da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-RJ), Maria Rita Salomão, atribuiu a conquista do primeiro lugar na avaliação do MEC à reformulação da grade curricular do curso, ocorrida em 2007, logo após a publicação das novas diretrizes adotadas pelo governo federal.

"O novo currículo é mais denso e voltado para o mercado de trabalho", diz ela. Além da formação teórica, os alunos fazem estágios e podem participar de projetos de pesquisa da pós-graduação.

Por meio de um convênio com escolas da rede pública municipal, os alunos podem trabalhar antes mesmo de formados.

Outra razão para o sucesso do curso, segundo Maria Rita, é o tamanho das turmas. São cem alunos matriculados por semestre. "Como são poucos, temos uma atenção quase individual", afirma.

A mensalidade custa cerca de R$ 1.200, mas 80% dos estudantes são bolsistas ou oriundos de projetos sociais, como o Programa Universidade para Todos (ProUni). O salário dos professores varia de acordo com o plano de carreira, que paga melhor aos que têm mais especialização.

Além disso, Maria Rita destaca a interdisciplinaridade. "Os alunos da PUC se beneficiam por estudar em um único câmpus. Podem cursar matérias de todas as áreas e têm convivência universitária." Palestras e seminários complementam a formação.