Creche fecha após caso de gripe suína

FABIANE LEITE - O Estado de S.Paulo

Medida será adotada por 3 dias; total de registros sobe para 35

O Ministério da Saúde e a secretaria estadual de Santa Catarina anunciaram a suspensão das aulas por três dias em uma creche de Florianópolis em razão da confirmação anteontem de que uma criança matriculada no local está com gripe suína. Seu estado de saúde é bom. Ontem, a pasta também informou quatro novos casos da doença no Brasil, dois em São Paulo, um no Rio e o outro em Tocantins, o que eleva o total de registros confirmados para 35. Outros 35 casos suspeitos são investigados. Foi a segunda vez que o ministério e secretarias adotaram a suspensão das aulas como medida preventiva no País contra a nova gripe. A primeira ocorreu na semana passada em Campinas (SP). Segundo a Secretaria da Saúde de Santa Catarina, as aulas ficarão suspensas somente nesta semana em Florianópolis. A criança foi contaminada por uma pessoa que esteve no exterior e tinha contato com outras 19 crianças. Todos os alunos e funcionários, bem como seus contatos próximos, estão sendo monitorados. Em nota, o ministério destacou que não há transmissão sustentável da doença no Brasil, o que significa que não há circulação do vírus no País nem surtos ou epidemias. Segundo a pasta, no entanto, chega a nove o número de casos autóctones (adquiridos no País), todos de pessoas que se contaminaram após contato com outras que estiveram no exterior. A pasta investiga a origem da contaminação de um dos novos casos registrados ontem em São Paulo.