COP-8 foi um fracasso, dizem ambientalistas

Efe - O Estado de S.Paulo

A 8ª Conferência das Partes (COP-8) da Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação, concluída ontem, foi considerada um fracasso por ONGs ambientalistas, pois não aprovou orçamento para os próximos dois anos nem objetivos concretos. Os quase 200 países participantes traçaram estratégias para dez anos, mas não acordaram um orçamento por causa da resistência do Japão. O país não sofre efeitos da desertificação, mas seu modelo econômico é considerado um dos responsáveis pelo fenômeno.