Colégio e faculdade no Butantã fecham sem aviso prévio

Fernanda Aranda e Naiana OscaR - O Estado de S.Paulo

O Colégio Universitário e a Faculdade Independente Butantã, que funcionavam no mesmo prédio na zona oeste, fecharam sem comunicado prévio e assustaram cerca de 500 alunos. A taxa de matrícula e a mensalidade, de R$ 600, foram cobradas de alguns. Os pais lesados procuraram a polícia, mas a Secretaria de Segurança Pública não confirma abertura de inquérito. Segundo Luiz Salviano, gestor do Universitário, 69 alunos foram matriculados para 2009. "E todos terão o dinheiro devolvido. Os estudantes da faculdade foram transferidos para outras duas instituições", completou, sem divulgar nomes. O fechamento ocorreu por despejo. "As dívidas, acumuladas desde 1998, superam R$ 1 milhão", disse Marcos Canhoto, representante do dono do terreno.