Chineses usam porcos para criar células-tronco

EFE - O Estado de S.Paulo

Cientistas chineses criaram células-tronco pluripotentes usando células de porcos. Assim como as embrionárias, as células-tronco pluripotentes podem se converter em qualquer tipo de célula do corpo. A pesquisa, descrita em artigo na revista Journal of Molecular Cell Biology, pode abrir as portas para a criação de modelos para várias doenças genéticas. A descoberta também poderia ajudar a desenvolver, por meio de engenharia genética, animais cujos órgãos poderiam ser transplantados para seres humanos. Segundo o artigo, ainda seria possível criar porcos resistentes a doenças, como a gripe suína. "Esse é o primeiro estudo sobre a criação de células-tronco pluripotentes de animais domésticos da ordem dos ungulados. É totalmente novo, muito importante e tem várias aplicações, tanto para a saúde humana como a animal", afirmou Lei Xiao, do Instituto de Bioquímica e Biologia Celular de Xangai. O grupo criou as células-tronco por meio de fatores de transcrição para reprogramar as unidades biológicas extraídas das orelhas e da medula espinhal dos porcos. Esses fatores foram introduzidos na células com vírus, que as tornou colônias de células-tronco.