Caverna chinesa abriga a mais antiga cerâmica

AP - O Estado de S.Paulo

Fragmentos de cerâmica descobertos em caverna na China podem ser evidência da mais antiga cerâmica em meio a um povo primitivo. A descoberta data de pelo menos 18 mil anos atrás, diz estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences. Segundo os cientistas, liderados por Elisabetta Boaretto, da Universidade Bar Ilan, de Israel, a descoberta "apoia a ideia de que a cerâmica feita por caçadores-coletores começou no sul da China".