Casório animado

Fabiana Caso - O Estado de S.Paulo

O wedding cartoon é mais um recurso para incrementar as festas de casamento

Assim que os convidados chegaram ao salão de festas, assistiram a um desenho animado, exibido em diversos telões. A noiva era retratada como a personagem Mafalda, e o noivo, como o sapinho Keroppi (criado nos anos de 1980 pela marca Sanrio). A sequência mostrava como haviam se conhecido, o primeiro encontro, a compra do primeiro apartamento... enfim, momentos significativos da história dos dois. Assim foi o casamento da empresária Cássia Helena de Castro Gracio com o advogado Marcos Augusto Sagan Gracio.

 

Mafalda e Keroppi: alguns desenhos da animação encomendada pelo casal Cássia e Marcos

"Todos nos relacionam com esses personagens, porque sou mais bravinha e ele está sempre sorrindo, simpático, como o sapinho", diverte-se Cássia, que se casou no final de 2007. Assim como eles, outros casais já apostaram no chamado "wedding cartoon": uma técnica desenvolvida pelo publicitário paulistano Marcelo Rodiño, de 36 anos.

Trata-se de um desenho animado que retrata a história dos noivos, com duração média de 4 minutos, e com o toque bem-humorado dos cartoons. O desenho dos personagens é baseado nas características físicas dos noivos, mas sem traços exagerados, típicos das caricaturas. A reprodução de Mafalda e Keroppi foi uma exceção, pois as referências estavam associadas à história de Cássia e Marcos. E o próprio casal pode fazer a dublagem do desenho.

Presente inusitado

O gerente de vendas Roberto, de 36 anos, prefere não dizer o sobrenome para não estragar a surpresa que prepara para a esposa, e que deverá ser revelada no aniversário de oito anos de casamento. Procurava algo especial quando um amigo lhe contou sobre o wedding cartoon. Gostou da ideia e está empenhado em contar a história do casal, que tem dois filhos. "Sempre nos encontrávamos no metrô, e isso vai estar lá", fala ele, que vai incluir fotografias na animação. O desenho será apresentado no jantar comemorativo.

O wedding cartoon está virando o carro-chefe da agência Creare Brasil, onde Marcelo é um dos sócios. "Cada desenho animado é artesanal e único", fala o publicitário. Ele pretende criar ainda animações para festas infantis, com cenários de filmes de super-heróis.

O preço do produto varia de acordo com o tamanho da animação e número de personagens: custa a partir de R$ 3 mil. É possível ver um exemplo no portal www.casaecasamento.com.br.