Casal devolve criança e é acionado em MG

- O Estado de S.Paulo

O Ministério Público de Minas impetrou ação civil pública contra um casal de Uberlândia que devolveu uma menina de 8 anos que tinha adotado. O MP quer que o casal pague indenização de cem salários mínimos por danos morais e uma pensão alimentícia até que a criança complete 24 anos. Segundo o promotor Epaminondas Costa, responsável pela ação, trata-se de resposta inédita contra uma prática que é comum no País.