Cantor não era pai biológico, diz ex-mulher

- O Estado de S.Paulo

A enfermeira Debbie Rowe, mãe de dois dos filhos de Michael Jackson - Prince, de 12 anos, and Paris, de 11 - contou ontem ao tabloide "News of the World" que o cantor não era pai biológico das crianças. Debbie, que trabalhava como recepcionista na clínica dermatológica frequentada por Michael, afirmou ter engravidado após se submeter a uma reprodução assistida feita com um doador de sêmen anônimo. "Não foi o esperma do Michael", afirmou. As declarações confirmam suspeitas levantadas desde o nascimento das crianças, que não têm semelhanças físicas com o astro. A enfermeira contou também ao tabloide que recebeu cerca de US$ 6,8 milhões durante nove anos para ter tido as crianças - e que não espera vê-las novamente. "Eu fui paga para isso e segui com minha vida. Sei que nunca mais verei as crianças."