Britânica dá à luz dois dias após sua morte

Efe - O Estado de S.Paulo

Uma ex-campeã de patinação livre deu à luz uma menina dois dias após morrer por causa de um tumor cerebral que não tinha sido diagnosticado. Jayne Soliman, de 41 anos, estava grávida de 25 semanas do primeiro filho. Os médicos mantiveram seu coração batendo até o nascimento da filha, Aye Jayne, por cesariana. Após o parto, os médicos juntaram por um momento os corpos das duas, antes de desligar a máquina que mantinha o coração da mãe batendo. O bebê passa bem.