Brasil registra 11 novos casos de gripe suína

Jocelyn Auricchio, com Efe - O Estado de S.Paulo

Segundo Ministério da Saúde, sete deles estão em Santa Catarina e quatro em Minas; todos foram infectados em viagens ao exterior

O Ministério da Saúde confirmou ontem 11 novos casos de infecção pelo vírus influenza A (H1N1), da gripe suína, elevando para 69 o número de pessoas contaminadas no Brasil. Mais notícias sobre a gripe suínaDos casos recém confirmados, sete estão em Santa Catarina e quatro em Minas Gerais. A infecção se deu no exterior e, segundo o Ministério da Saúde, esses pacientes estão em tratamento e passam bem.O maior número de infectados pela gripe suína está em São Paulo, com 23 casos detectados. Do total de casos confirmados, 17 são de transmissão autóctone (ocorrida dentro do território nacional), mas todos tiveram contato com pacientes vindos do exterior. O ministério acompanha outras 70 suspeitas de infecção pelo vírus da gripe suína no País. Até o momento, 81 países têm casos confirmados e divulgados da doença, de acordo com informações dos governos ou da Organização Mundial de Saúde (OMS), sendo que em 35 deles há casos autóctones de transmissão do vírus. O México, os EUA, o Canadá e a Austrália (Estado da Victoria) são considerados os países com transmissão sustentada do H1N1.A União Europeia (UE) detectou 237 novos casos da gripe H1N1 nas últimas 24 horas, sendo 200 deles no Reino Unido, segundo dados divulgados hoje pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças do bloco (ECDC, na sigla em inglês).O Reino Unido segue registrando o maior número de contágios na Europa, com 1.121, mais da metade do total registrados no continente. E foi lá que a primeira morte causada pelo H1N1 fora do continente americano aconteceu. Um paciente escocês, que já tinha a saúde debilitada, não resistiu aos sintomas da doença e faleceu ontem.Os afetados pela doença na Europa chegaram a 2.096 em 26 países, dos quais 586 foram contagiados em território europeu. Os dados colhidos pelo ECDC correspondem aos 27 países-membros da UE, mais Suíça, Liechtenstein, Islândia e Noruega. A maioria dos casos anunciados desde sexta-feira foi registrada no Reino Unido (200), mas também há outros na Holanda (16), Itália (8), França (7), Suécia e Grécia (2 cada) e Dinamarca e Romênia (1 cada).Na Ásia, o primeiro-ministro da Tailândia veio a público pedir calma, por conta do número de casos ter triplicado nos últimos três dias. Outros países do continente - Nova Zelândia, Filipinas, China e Hong Kong - têm registrado aumentos expressivos no número de infectados. A DOENÇA O que é: A gripe é causada pelo vírus influenza H1N1 Contágio: O vírus é transmitido pelo ar ou contato com secreções Tratamento: Se detectada pelo médico, é tratável com antivirais