Brasil investiu 4,6% do PIB na área em 2007

Lisandra Paraguassú, BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo

O Brasil alcançou, em 2007, investimento público em educação equivalente a 4,6% do Produto Interno Bruto (PIB). O valor é 0,2 ponto porcentual acima dos gastos de 2006 e representa, pela primeira vez, um incremento maior dos investimentos da União, graças ao primeiro ano do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), com o qual o governo federal injetou mais R$ 2 bilhões na área. Os dados ainda estão bem abaixo da meta admitida pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, que almeja 6%. "Já nos aproximamos da média da OCDE (grupo de países desenvolvidos), mas pelas características do Brasil acredito que precisamos de um investimento de 6%", afirmou. O gasto médio por aluno cresceu em todos os níveis da educação básica, com exceção do ensino superior, que permaneceu praticamente estável. No geral, o gasto por aluno no País subiu de R$ 2.133 para R$ 2.335.