Bono perde a voz e U2 é obrigado a abandonar show na Alemanha

- O Estado de S.Paulo

Artistas afirmam que 'não sabem o que aconteceu' e que 'irão consultar um médico'

A banda irlandesa U2 teve que cancelar um concerto neste sábado à noite, em Berlim, porque seu vocalista, Bono, perdeu a voz depois de ter tocado algumas músicas.

Bono durante o primeiro show do U2 nesta semana em Berlim, na sexta-feira (31)

Bono durante o primeiro show do U2 nesta semana em Berlim, na sexta-feira (31) Foto: Paul Zinken/AFP

"Lamentamos o cancelamento de hoje à noite. Bono estava apto e sua voz em excelente estado antes do show, mas depois de algumas canções sofreu uma perda completa da voz", disse o grupo de rock em um comunicado publicado em seu site oficial. "Não sabemos o que aconteceu e vamos consultar um médico", complementa a nota.

O U2 estava realizando o segundo e último concerto planejado em Berlim como parte de uma turnê internacional. Desde as primeiras músicas, Bono mostrou que estava sofrendo com sua voz. Em várias ocasiões, mesmo durante a interpretação das canções, o cantor de 58 anos parou para beber líquido. Pouco tempo depois, ele anunciou que não poderia continuar. 

Na sexta-feira, quando a banda realizou com sucesso seu primeiro show em Berlim, Bono denunciou as recentes manifestações de violência de extrema direita na cidade alemã de Chemnitz. "Pessoas assim não têm lugar na Europa e neste país", disse a estrela da banda formada em Dublin em 1976, com The Edge (guitarra, teclados e vocais), Adam Clayton (baixo) e Larry Mullen (bateria)./AFP