Bom e barato? Vai na 25

Agencia Estado - O Estado de S.Paulo

A meca dos preços camaradas faz aniversário hoje. Quem procura moda BBB - boa, bonita e barata - bate cartão por lá. No nosso especial de ?roupas honestas?, ela não poderia ficar de fora. É a democrática 25 de Março, que, neste 25 de março de 2007, completa 142 anos.A rua recebeu este nome em 1865, como uma homenagem à primeira Constituição Brasileira, promulgada pelo imperador d. Pedro I no dia 25 de março de 1824. Mas foi apenas depois da Revolução de 1930 que ela passou a ser uma das mais famosas ruas de comércio do País, concentrando uma gama variadíssima de serviços e virando o grande centro brasileiro de atacado e varejo, especialmente de tecidos, vestuários e armarinhos.Assim, quem procura moda a preços módicos não sai de lá. Além de roupas femininas, masculinas e infantis, há muitas opções de calçados e bijuterias. Dá para encontrar, por exemplo, aquelas pulseiras largas de madeira e acrílico, super em alta, por valores entre R$ 3 e R$ 12. Também não é raro encontrar camisetas e blusas por R$ 10. Calças de boa qualidade podem ser achadas por até R$ 30, o mesmo preço de bolsas e carteiras de couro.De rio a ruaAntes de ser uma rua, a 25 de Março era um rio, navegável até meados do século 19. O traçado da via integrava o leito do Rio Tamanduateí. Era na região que ficava o Porto Geral, utilizado para o desembarque de mercadorias vindas do Porto de Santos. É esta a origem do nome da Ladeira Porto Geral. No final do século, o curso do rio foi mudado e a área da Várzea do Carmo, drenada. Com a drenagem, veio a urbanização e a demarcação da rua.