Bispo do Recife ganha prêmio de americanos

- O Estado de S.Paulo

O arcebispo de Olinda e Recife, d. José Cardoso Sobrinho, que tentou impedir aborto legal em uma menina de 9 anos estuprada pelo padrasto e grávida de gêmeos, recebeu na noite de ontem, no Recife, o Prêmio Cardeal Von Galen, concedido pela instituição americana Human Life International (HLI). Sua atitude foi considerada "heroica" pela instituição, que premia atitudes em defesa da vida. O prêmio foi entregue pelo diretor da instituição para países de língua portuguesa, Raymond de Souza, e pelo chefe da HLI em Roma, monsenhor Ignacio Barreiro-Carambula. D. José Cardoso afirmou que, se tivesse ficado em silêncio diante do episódio, estaria sendo cúmplice, "quase conivente". "Ele ousou enfrentar a mídia do mundo todo, não teve medo da impopularidade", frisou Raymond de Souza.