Bahia tem recorde de casos de dengue

Tiago Décimo, SALVADOR - O Estado de S.Paulo

N.º de doentes em 5 meses supera total de 2002, quando houve epidemia

Em pouco mais de cinco meses, a Bahia registra o mais alto índice de notificações por dengue clássica desde 1995. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), entre o início do ano e 6 de junho foram registrados 91.493 casos, número 199% maior que o verificado no mesmo período de 2008 (30.552) e 5% maior do que os registros de todo 2002 (87.237), até então o que mais havia registrado casos no Estado. Há ainda mais 1.616 notificações de formas graves de dengue no Estado até o último dia 6.A primeira semana de junho foi a que teve menos infecções novas: 995. Pela primeira vez no ano houve menos de mil novos casos por semana. Não foram registradas novas mortes; no ano, a Bahia confirma 55 óbitos e outros 55 são investigados. Itabuna e Jequié, duas das sete cidades em situação de emergência, são as que mais tiveram mortes: 8, cada uma. Em Salvador, a baixa procura fez com que os postos de hidratação instalados nos dois principais hospitais da cidade fossem desativados anteontem. Dois outros centros de hidratação na capital e um em Feira de Santana seguem ativos. "Os índices de infecção na capital caíram de 23 por 100 mil habitantes, em março, para menos de 3 por 100 mil habitantes", diz a coordenadora do Plano de Contingência da Dengue de Salvador, Lucélia Magalhães.Mas a dengue avança territorialmente: 391 (94%) dos 417 municípios baianos têm pelo menos um registro neste ano. E as autoridades começam a se mobilizar para que o quadro não se repita em 2010. "Houve muitas falhas no programa de visitas domiciliares, realizadas pelas prefeituras, e nas ações de mobilização", admite a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Jesuína Castro. Segundo ela, menos de 50% das cidades baianas atingiram a meta de visitas. Na Sesab, a expectativa é que os programas sejam normalizados, pois não há eleições nem trocas nas prefeituras. PICADAS91.493 casosforam registrados até 6 de junho199% mais do que o verificado no mesmo período em 2008: 30.55287.237 doentesforam anunciados na BA em 2002