Avatar de Sabrina Sato é o primeiro a ter 'NFT' no Instagram

Thaíse Ramos - Especial para o Estadão

Ferramenta permitirá que usuários compartilhem criações próprias e aquisições de artes digitais na rede social

O avatar Satiko e Sabrina Sato.

O avatar Satiko e Sabrina Sato. Foto: Instagram/@iamsatiko_

O Instagram anunciou nesta sexta-feria, 5, que Sabrina Sato e Satiko foram escolhidas para estrearem a ferramenta de recursos de NFTs (Token Não Fungível em português) no Brasil. A plataforma explicou que está expandido a iniciativa internacionalmente para mais de 100 países. 

A ferramenta, que estava em período de testes desde maio nos Estados Unidos, permitirá que usuários compartilhem criações próprias e aquisições de artes digitais na rede social. A chegada dos NFTs ao Instagram faz parte de um esforço recente da Meta de investir no metaverso. 

“Essa novidade não apenas representa o futuro, mas também a expansão de um universo infinito de possibilidades que é o metaverso. Estou empolgada para publicar meus próprios NFT e dividir essa novidade ao lado da Satiko. Ela é a primeira influenciadora virtual a ter recurso no Instagram, está fazendo história", declarou Sabrina Sato

 

Mark Zuckerberg estreou o recurso postando seu próprio cartão de beisebol assinado, que em breve se tornará um NFT, para a expansão. O Instagram permitirá que os usuários mostrem seus NFTs no feed principal do IG, em stories ou em mensagens diretas, e as criações serão exibidas com uma tag 'colecionável digital', que, quando tocada, exibirá informações sobre o criador da obra e a propriedade desse item digital.

 

"Satiko tem vida e personalidade próprias"

Satiko foi criada em novembro do ano passado.  "Satiko nasceu com a proposta de ampliar a forma como interajo e me comunico com vocês. Ela viverá experiencias que não tenho tempo de viver e produzirá um conteúdo diversificado. Satiko tem vida e personalidade próprias", afirmou Sabrina, na época.

A bonequinha é um projeto da Biobots Tech, startup que se define como "agência de influenciadores virtuais".