Arte no arame

Vera Fiori - O Estado de S.Paulo

Artista plástica molda o arame e cria esculturas que vão bem em todos os ambientes

 

Foi por acaso, brincando com um pedaço de arame, que a artista plástica Simone Grecco viu que ali dava samba, ou seja, boas esculturas. "Trabalhei durante muitos anos com pedra mineira, mas um problema de saúde me levou a optar por uma matéria prima mais leve e, assim, cheguei ao arame. Primeiro, fiz uma bicicleta e, a partir daí, não parei mais." Uma pequena amostra de seu trabalho pode ser vista na página do Facebook (www.facebook.com/simogrecco).

 

 

A inspiração vem da natureza, cenas do cotidiano e tipos humanos. Leves (são presas na parede apenas por um prego), as esculturas são feitas em arame recozido e, com três tipos de alicates, Simone vai moldando-as, sem um desenho prévio. "A principal característica desse trabalho é que as peças são tridimensionais", observa.

 

 

Muitas pessoas têm curiosidade em saber se as esculturas são feitas com um único arame, mas Simone explica que vai emendando um no outro, conforme a necessidade. As esculturas costumam ter entre 45 e 60 centímetro de altura, com preços a partir de R$ 150. "Tenho para pronta entrega, mas muitos preferem encomendas temáticas", afirma. Ela só trabalha com a cor natural do arame, mas, caso a pessoa queira um toque colorido, ela acrescenta um ou outro detalhe em pedra.