Após polêmica, secretaria exclui 5 livros do programa de leitura de SP

Fábio Mazzitelli, JORNAL DA TARDE - O Estado de S.Paulo

Educação diz que 4 títulos eram inadequados para a idade dos alunos e 1 trazia ?conteúdo preconceituoso?

A Secretaria de Estado da Educação anunciou ontem a exclusão de cinco livros do Programa Ler e Escrever por problemas de "inadequação para a faixa etária" e "conteúdo preconceituoso". Um sexto título - Dez na Área, Um na Banheira e Ninguém no Gol - havia sido recolhido duas semanas atrás. Na lista, há um livro do poeta Manoel de Barros, além de títulos cuja exclusão tinha sido anunciada nos últimos dias.Criado em 2007 como uma das marcas da gestão do governador José Serra (PSDB) na educação, o Ler e Escrever é um programa voltado para o reforço da alfabetização de crianças de 6 a 10 anos matriculadas em turmas da 1ª a 4ª série do ensino fundamental. Das 818 obras compradas para o programa, restaram 812, que serão expostas ao público em uma mostra que começa na quarta, na sede da Secretaria da Educação.A secretaria não informou o que vai ocorrer com as obras excluídas. O secretário Paulo Renato Souza havia cogitado devolver às editoras para que fossem substituídas ou remanejar alguns para outras etapas educacionais, como o ensino médio ou a Educação de Jovens e Adultos (antigo supletivo). Os livros paradidáticos, tanto do Ler e Escrever como de outros programas do Estado, foram comprados para apoiar o trabalho do professor. As falhas na distribuição começaram a ser detectadas com o Dez na Área, um na Banheira e Ninguém no Gol, coletânea de quadrinhos para adultos com palavrões, expressões de conotação sexual e referências ao crime organizado. Foi enviado às escolas para ser destinado a alunos da 3ª série.Antes da divulgação da lista, a Secretaria da Educação havia reconhecido a inadequação do livro Poesia do Dia - Poetas de Hoje para Leitores de Agora, baseado em ironias, para crianças. Os demais títulos são O Triste Fim do Menino Ostra e Outras Histórias, de Tim Burton; Manual de Desculpas Esfarrapadas: Casos de Humor, de Leo Cunha; Memórias Inventadas - A Infância, de Manoel de Barros; e Um Campeonato de Piadas, dos humoristas Laert Sarrumor e Guca Domenico. Esse último foi o único que a secretaria considerou trazer conteúdo preconceituoso. "São piadas de tipos como a loira e o português, porque não existe piada politicamente correta. Falar isso é que é uma piada", diz Laert Sarrumor. "O livro foi feito especialmente para o público infantil porque as crianças gostavam do que fazíamos para adultos. Houve cuidado, nenhuma piada é ofensiva, não foi colocado palavrão", completa ele, dizendo estar "orgulhoso" de ser incluído na lista.Os demais livros foram retirados por serem considerados inadequados para a série. Segundo a nota da secretaria, a exclusão dos livros ocorreu por recomendação da comissão de sindicância formada para revisar todos os títulos do Ler e Escrever. A comissão foi criada após a divulgação de falhas no programa e também está encarregada de apontar responsabilidades sobre a compra dos livros. A pasta informou que o grupo responsável pela escolha dos livros é formado por professores da rede, mas não dá detalhes. A secretaria também não divulgou o custo do programa.A pintora Martha Barros, filha do poeta Manoel de Barros e autora de gravuras do livro comprado pela secretaria, chamou de "censura" a lista dos títulos excluídos. "Não tenho esse olhar de censura. Essa lista não deixa de ser isso. O artista não censura as coisas", diz ela. No livro do poeta, há expressões como "cu de uma formiga" e "baú de punhetas" colocadas em um contexto de prosa poética que cria o imaginário das constantes descobertas da adolescência, como a primeira vez que o jovem descobre o sexo. "Não existe maldade. Quem põe maldade é o olhar do adulto", critica a filha de Manoel de Barros. Até o fechamento da edição, a reportagem não localizou os outros autores e editoras para tratar do assunto. NOVAS OBRAS EXCLUÍDASUm Campeonato de Piadas, de Laert Sarrumor e Guca DomenicoPoesia do Dia - Poetas de Hoje para Leitores de Agora, de Joca Reiners Terron e outrosO Triste Fim do Menino Ostra e Outras Histórias, de Tim BurtonMemórias Inventadas - A Infância, de Manoel de BarrosManual de Desculpas Esfarrapadas: Casos de Humor, de Leo Cunha