APMs terão de dispensar prestadores de serviço

- O Estado de S.Paulo

Duzentas escolas estaduais de São Paulo poderão começar 2008 com déficit de 30 mil funcionários. O Ministério Público do Trabalho deu ontem prazo de 10 dias para que as Associações de Pais e Mestres (APMs) assinem um Termo de Ajustamento de Conduta em que se comprometem a não usar mais a verba repassada pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação na remuneração de prestadores de serviço - e 120 dias para dispensá-los.