Anestesia matou 6 animais do zoo de Goiânia

- O Estado de S.Paulo

Inquérito concluído anteontem pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) de Goiás aponta seis pessoas como responsáveis pela morte de animais no Parque Zoológico de Goiânia. A investigação mostra que 6 das 23 mortes ocorreram neste ano após os animais terem recebido anestesia. Cinco foram anestesiados durante um módulo de um curso ministrado pelo Instituto Qualitas, do qual participaram o diretor do zoo, Raphael Cupertino, e funcionários.

Com 300 animais, o Zoológico de Goiânia foi interditado no dia 20 de julho pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e, desde então, não recebe mais visitantes.