Agir será a nova editora de Rubem Fonseca

ALEXANDRE RODRIGUES - O Estado de S.Paulo

O escritor Rubem Fonseca, de 84 anos, vai passar a publicar seus livros pela Editora Agir, do Grupo Ediouro. A informação deve ser divulgada oficialmente amanhã pela editora, mas as concorrentes interessadas já foram avisadas. A Agir venceu uma disputa que envolveu pelo menos quatro grandes editoras em torno dos livros de Fonseca, após anúncio, no fim do mês passado, do rompimento dele com a Companhia das Letras, onde estava havia mais de 20 anos. Entre as editoras que fizeram propostas estavam Objetiva e Record. No mercado editorial, especula-se que a negociação tenha envolvido cifras superiores a R$ 1 milhão, mas as condições sobre luvas e adiantamentos são mantidas em sigilo. A negociação do contrato foi conduzida pela agente literária Lúcia Riff, conhecida no mercado editorial. A contratação dela foi mais uma mudança no estilo de Fonseca, que costumava administrar pessoalmente a publicação de seus livros. Com o novo contrato, ficará a cargo da Agir publicar o novo romance de Fonseca, que ele ainda está escrevendo. No entanto, a editora deve negociar com o autor a possibilidade de publicá-lo ainda neste ano. Por meio da editora, o Grupo Ediouro também poderá publicar todo o catálogo do escritor, que inclui livros adaptados para televisão.