Achado crânio quase completo de cinodonte

- O Estado de S.Paulo

Uma equipe do curso de Biologia da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) encontrou o crânio quase completo de um animal do grupo dos cinodontes, considerados ancestrais dos mamíferos, num sítio arqueológico do município de Dona Francisca, na região central do Estado do Rio Grande do Sul. Segundo os pesquisadores, a descoberta é rara - antes, só havia registro de partes completas na África - e a mais antiga já feita na região: o fóssil tem 242 milhões de anos.