''A árvore da vida não está morta'', afirma biólogo

- O Estado de S.Paulo

"A árvore da vida não está morta, e a seleção natural - que não é um processo ?aleatório? - é, sim, capaz de explicar as características dos seres vivos", diz o professor Diogo Meyer, do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, especialista em genética e evolução. "Quando uma teoria científica tão sólida é posta em dúvida temos de ficar atentos: o ataque vai para além da biologia e atinge todo o método científico de investigar o mundo natural." A convite do ?Estado?, Meyer escreveu um artigo de contraponto às opiniões de John Lennox sobre a evolução. O texto completo pode ser lido no portal.