38 universidades federais vão usar exame na seleção

- O Estado de S.Paulo

Das 59 universidades federais, 38 já decidiram aderir ao novo Enem como processo de seleção, pelo menos em parte. No entanto, apenas 20 até agora vão usar o exame como o Ministério da Educação gostaria: em fase única, proporcionando uma seleção nacional para o estudante sem que ele tenha de se deslocar para cada Estado. O prazo acertado com o MEC para a decisão final, que era na última semana, foi adiado para 20 de maio. Dezoito instituições ainda não definiram se e como usarão o novo Enem. Outras três já usam a prova como parte de seu processo de seleção e deverão continuar dessa maneira este ano, mas estudam mudanças para 2010. Apenas uma instituição, a Universidade Federal Rural do Amazonas, rejeitou a ideia de aderir este ano ou em 2010. Os modelos de adesão, no entanto, poderão se tornar uma dor de cabeça para os vestibulandos. As propostas das instituições vão desde a simples fase única com o Enem ao uso do exame como parte da nota inicial do candidato, em percentuais que variam de 20% a 50%. Existem também modelos com cotas para alunos de escolas públicas, outros que incluirão a nota na segunda fase e aquelas que decidiram fazer primeira fase com o Enem e uma segunda prova própria.