1º paciente carioca tem alta

Pedro Dantas - O Estado de S.Paulo

O primeiro paciente diagnosticado com o A(H1N1) no Rio teve alta ontem e deixou o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), na Ilha do Fundão, na zona norte. "Ele está curado, não oferece nenhum risco de transmissão e está imune ao vírus", disse o chefe do Setor de Epidemiologia e Avaliação do hospital, Roberto Fiszman. O rapaz de 21 anos contraiu a doença após viajar para Cancún e fazer escala na Cidade do México. A mãe e a irmã do jovem, que estavam em quarentena domiciliar voluntária, também foram liberadas, sem apresentar sintomas. Ainda estavam internados um amigo do rapaz e sua mãe, que passam bem. Após ter alta, o rapaz não quis ser fotografado e falou apenas por telefone com alguns jornalistas. Disse à TV Bandeirantes que ficou em isolamento total e não tomou medicamentos, pois o remédio indicado deve ser usado nas primeiras 48 horas após o início dos sintomas. Outro rapaz, de 24 anos, que voltou dos EUA, está internado sob suspeita de ter a gripe. O resultado dos exames deve sair em até 72 horas. Ontem, o Ministério da Saúde informou que há no País 37 casos suspeitos da gripe e 39 em monitoramento; os confirmados são 8.