'Zebeleo': Após polêmicas, projeto de financiamento para hamburgueria é cancelado

- O Estado de S.Paulo

Os empreendedores Leonardo Young, Bel Pesce e Zé Soares queriam arrecadar R$ 200 mil em dois meses

Trio de amigos empreendedores lançou campanha para arrecadar R$ 200 mil. 

Trio de amigos empreendedores lançou campanha para arrecadar R$ 200 mil.  Foto: Reprodução/Instagram

Na última quinta-feira, 25, Zé Soares, Bel Pesce e Leonardo Young lançaram um financiamento coletivo para abrir uma hamburgueria gourmet em São Paulo e, imediatamente, revoltaram os brasileiros. As críticas foram tantas que, um dia depois, a a iniciativa foi por água abaixo.

Young, o vencedor da terceira temporada do MasterChef Brasil, postou uma imagem em seu Instagram lamentando a má repercussão do projeto e revelando que o pedido de financiamento foi repensado. Ele garante, porém, que a ideia de abrir a hamburgueria 'Zebeleo' continua.

"O lançamento do nosso novo projeto, a Hamburgueria Zebeléo, gerou polêmica que ontem tomou conta da internet. O objetivo era utilizar uma ferramenta já consagrada e conhecida mundialmente para a viabilização de negócios com a participação do público de maneira opcional (...) Reconhecemos que pecamos ao lançar o projeto sem detalhar os princípios e mecanismos deste tipo de ferramenta. Temos sede por empreender e o projeto ainda está de pé! Estamos construindo cada detalhe da hamburgueria com muito carinho para em breve lançar a Zebeléo!", escreveu Young na legenda de uma foto no Instagram.

A ideia do trio era arrecadar R$ 200 mil em dois meses para abrir o restaurante. O problema é que a ideia veio justamente de três jovens de classe média alta que, aparentemente, não precisam de doações e é claro que a internet não gostou nada disso. Confira as melhores reações:

 

 

 

O lançamento do nosso novo projeto, a Hamburgueria Zebeléo, gerou polêmica que ontem tomou conta da internet. O objetivo era utilizar uma ferramenta já consagrada e conhecida mundialmente para a viabilização de negócios com a participação do público de maneira opcional. O financiamento coletivo é uma forma de empreender de maneira colaborativa. Ao invés de arrecadar investimentos da forma tradicional como o financiamento bancário, as pessoas ajudam a viabilizar projetos pelos quais se encantaram em troca de experiências, produtos ou serviços adquiridos antecipadamente. Ponto importante: financiamento coletivo não é e nunca será sinônimo de “vaquinha” ou doações. A intenção era disseminar uma modalidade que pode ser usada por qualquer empreendedor, quebrando paradigmas sobre investimentos no ramo da gastronomia. Reconhecemos que pecamos ao lançar o projeto sem detalhar os princípios e mecanismos deste tipo de ferramenta. Em tempos que tudo que se fala na internet vira polêmica, fizemos questão de vir aqui esclarecer esse mal-entendido e anunciar uma decisão importante: a campanha de financiamento coletivo será descontinuada e iremos devolver integralmente os valores já arrecadados. Agradecemos o incentivo e apoio das inúmeras pessoas que se identificaram com o projeto e escreveram mensagens tão bacanas de apoio. Temos sede por empreender e o projeto ainda está de pé! Estamos construindo cada detalhe da hamburgueria com muito carinho para em breve lançar a Zebeléo!

Uma foto publicada por Leonardo Young | MasterChef (@leo_young_) em

 

Confira a entrevista do E+ com o ganhador do MasterChef: