Will Smith diz que sempre se considerou 'covarde' por não defender mãe de abuso

Redação - O Estado de S. Paulo

Ator foi um dos convidados do programa 'O próximo convidado dispensa apresentação com David Letterman', que estreou na última sexta, dia 20, na Netflix

Will Smith no programa 'O próximo convidado dispensa apresentação com David Letterman'. O ator está no segundo episódio da quarta temporada do talk-show.

Will Smith no programa 'O próximo convidado dispensa apresentação com David Letterman'. O ator está no segundo episódio da quarta temporada do talk-show. Foto: Ser Baffo/Netflix

Will Smith foi uma das personalidades convidadas da quarta temporada do talk-show O próximo convidado dispensa apresentação com David Letterman, que foi lançada na última sexta-feira, 20, na Netflix.

Durante sua conversa com o apresentador, o ator revelou alguns detalhes sobre a sua infãncia e disse que desenvolveu um trauma por ter visto o próprio pai violentar a sua mãe.

"Quando eu tinha nove anos, eu vi meu pai bater na minha mãe e eu não fiz nada. E isso deixou uma impressão traumática de mim mesmo como um covarde", contou.

Em seguida, Smith disse que encontrou na comédia uma forma de se livrar desse sentimento. "Eu comecei a me agarrar nessa habilidade natural que eu tinha de fazer as pessoas rirem. Então, começou como um mecanismo de defesa, mas, eventualmente, 'Will Smith' virou um símbolo de alegria e diversão", afirmou.

A entrevista com David Letterman foi gravada antes da cerimônia do Oscar em março. Por isso, durante a conversa, o ator não cita o episódio do tapa que deu no comediante Chris Rock no evento. 

Além de Will Smith, o talk-show também conta com Billie Eilish, Cardi B, Ryan Reynolds e outras personalidades que foram entrevistadas pelo apresentador para o programa.