Velórios de Paulinha Abelha serão abertos ao público em Sergipe

Sabrina Legramandi* - O Estado de S. Paulo

Cerimônias acontecerão em dois dias: na quinta-feira, 24, e na sexta-feira, 25; sepultamento será aberto apenas a familiares da cantora

Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, morre aos 43 anos

Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, morre aos 43 anos Foto: Verner Brenan

A cantora Paulinha Abelha, da banda de forró Calcinha Preta, terá dois velórios abertos ao público em Sergipe. O primeiro acontece nesta quinta-feira, 24, a partir das 7h, em Aracaju. O segundo ocorrerá na sexta-feira, 25, das 9h às 14h, em Simão Dias. A cerimônia de sepultamento será fechada apenas a familiares da artista.

Paulinha morreu no fim da tarde desta quarta, 23, no Hospital Primavera, em Aracaju. A cantora estava internada desde o dia 11 de fevereiro por ter sentido desfonfortos no estômago após um show em São Paulo. Ela apresentou problemas renais que acabaram evoluindo para o fígado e o cérebro.

Segundo a equipe médica responsável pelo tratamento de Paulinha, ela estava com um grande número de toxinas no corpo, que, provavelmente, causaram as lesões nos órgãos. Os médicos trabalhavam com a hipótese de que a doença era autoimune.

“O que não sabemos no caso de Paulinha é o que levou o rim a inflamar, depois o fígado e, por último, o cérebro. Sabemos que um órgão inflamado levou à inflamação ao outro", explicou Ricardo Leite, diretor do Hospital Primavera, durante coletiva de imprensa realizada na terça, 22.

Homenagens

O perfil oficial da cantora e o da banda Calcinha Preta no Instagram fizeram homenagens a Paulinha após o anúncio da morte da artista.

As duas contas publicaram uma foto de Paulinha com asas de anjo e escreveram: "Paulinha respirava a sua família, a arte e cultura, os fãs, o palco... Ela era tão leve, que o seu pouso nesta existência foi breve. Mas o suficiente para polinizar amor e paz em abundância".

"Paulinha fechou as cortinas aqui na Terra, hoje, para ir falar de música e amor lá no Céu. Por uma eternidade vamos lembrar desta doce criatura!", conclui a legenda.

No Twitter, a cantora recebeu diversas homenagens de fãs e personalidades. Juliette, Gloria Groove, Gil do Vigor, Wesley SafadãoCarlinhos Brown e Luan Santana, por exemplo, usaram os perfis para falar sobre a importância da cantora, que tinha 30 anos de carreira profissional e somava mais de 20 ao lado do grupo Calcinha Preta.

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais