'Tudo na vida precisa de equilíbrio', diz Anitta sobre uso de celular

Redação - O Estado de S.Paulo

Cantora explicou porque ficou 'desconectada' durante os quatro dias que passou no Havaí

Cantora passou quatro dias no Havaí com o marido, Thiago Magalhães

Cantora passou quatro dias no Havaí com o marido, Thiago Magalhães Foto: Fabio Motta / Estadão

Anitta passou quatro dias no Havaí com o marido no começo de março. Caso você esteja se perguntando por que não viu nenhuma foto dela no destino paradisíaco, saiba que ela não fez nenhuma postagem e explicou o motivo nesta segunda-feira, 5.

Ela disse que deixou o celular no cofre do hotel durante os quatro dias em que esteve viajando. “Não me entendam mal, a internet faz meu sonho possível, amo, sou grata, reconheço. Converso com vocês que me ajudam tanto. Mas tudo na vida precisa de equilíbrio”, disse, em seu Instagram.

Ela exaltou as vantagens que a internet possibilitou, como se conectar com pessoas distantes e dar visibilidade para seu trabalho. Contudo, disse que o seu uso de forma equivocada pode trazer malefícios.

“Isso foi feito pra nos divertir, e não para nos tornar pessoas ansiosas, depressivas e dependentes. Foi feito para nos unir, e não pra fazer as pessoas brigarem e jogarem ódio umas nas outras”, refletiu.

Confira a publicação:

 

Voltei. Me propus a ficar 4 dias sem pegar no celular. Tranquei no cofre do hotel no Hawaii e fui viver. Já pararam pra se perguntar quantas vezes você olhava pro celular enquanto o mundo acontecia ao seu redor? A tecnologia é uma mágica alcançada por nós, trouxe tanta coisa boa pra gente. Graças a ela eu consigo levar meu trabalho mais rápido pelo mundo afora, por exemplo. Posso falar com a minha família enquanto estou longe trabalhando. Posso comandar minha empresa a distância. Podemos ajudar pessoas de longe. Quanta coisa boa! Mas será que estamos usando da maneira certa? Nesses 4 dias sem telefone vi pessoas jantando sem se falar, presos em suas telas. Uma paisagem linda como essa e todos no telefone. Não era melhor então ver pelo google? Vi uma baleia passar na nossa frente do nada (se estivesse olhando minha tela nao veria). Quantas vezes pegou no telefone hoje sem ter motivo algum? Preso na dependência dos likes, dos comentários, em ver a vida alheia, em comentar a vida alheia. Isso foi feito pra nos divertir, e não para nos tornar pessoas ansiosas, depressivas e dependentes. Foi feito para nos unir, e não pra fazer as pessoas brigarem e jogarem ódio umas nas outras. Foi feito pra matarmos a saudade de quem está longe, e não pra bisbilhotar a vida do outro e encher o coração de inveja. A vida de todos tem momentos ruins, mas as pessoas não postam momentos difíceis em suas redes sociais. Então não podemos afundar nossos olhos como se esse fosse o mundo em uma tela. Essa é uma versão do mundo em uma tela. Não me entendam mal, a internet faz meu sonho possível, amo, sou grata, reconheço. Converso com vocês que me ajudam tanto. Mas tudo na vida precisa de equilíbrio. Foram apenas 4 dias. Voltei e tudo continua caminhando como estava antes, tudo certo. Agora estou aqui novamente e a vida segue. Conectar é preciso, gostoso, importante. Desconectar também.

Uma publicação compartilhada por anitta (@anitta) em