Tribalistas anunciam fim do grupo após apresentação no Lollapalooza 2019

Redação - O Estado de S.Paulo

‘Realizamos um sonho e chegou aquele momento de se desintegrar novamente’, diz nota nas redes sociais

Tribalistas. 

Tribalistas.  Foto: Marco Froner

Depois de 15 anos sem cantar juntos, os Tribalistas decidiram retomar os trabalhos e realizar uma grande turnê, que culminou com apresentação no Lollapalooza 2019. E justamente após a noite desta sexta-feira, 5, Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes decidiram usar as redes sociais para anunciar o fim do grupo. 

“Realizamos um sonho e chegou aquele momento de se desintegrar novamente. Até quando? Só a música pode dizer”, diz a publicação no perfil oficial dos integrantes do grupo no Instagram.

Foram contabilizados 35 shows em 29 cidades e mais de 250 mil espectadores. Além disso, os Tribalistas rodaram 33 mil quilômetros no Brasil, Europa, Estados Unidos e América do Sul.

“Concedemos mais de 50 entrevistas e arrecadamos mais de três toneladas de alimentos não perecíveis doados por vocês nos shows com ingressos solidários. Tudo isso num investimento com 100% de recursos próprios. Isso prova que a música brasileira, além do valor cultural, é uma importante fonte de riqueza para nosso País”, diz a nota publicada na internet.

Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes encerram agradecendo aos fãs que acreditaram no projeto. “Queremos agradecer imensamente a todas as tribos que estiveram conosco nesses últimos meses. As tribos que estiveram lá para trabalhar, se divertir e fazer acontecer”, conclui a divulgação.

“Parabéns, vocês são demais! Valeu à pena esperar tanto tempo”, escreveu uma fã do grupo. Outra internauta pediu: “Que vocês não demorem tanto para voltar com show”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sim, valeu a pena a espera por 15 anos. Celebramos a música, cantamos juntos e nos divertimos. Tudo o que vivemos nesse último ano foi muito mais do que qualquer um de nós poderia imaginar. Nossa turnê chega ao fim e a sensação que fica, além de uma enorme alegria, é a de satisfação por acreditar no poder que a música tem para transformar. Foram 35 shows em 29 cidades e mais de 250 mil espectadores. Foram 33 mil quilômetros rodados no Brasil, Europa, Estados Unidos e na América do Sul por 8 caminhões carregando equipamentos de banda, led, luz e som. Quarenta pessoas viajaram na nossa equipe, sendo que mais de 150 trabalharam indiretamente em cada show. Concedemos mais de 50 entrevistas e arrecadamos mais de 3 toneladas de alimentos não perecíveis doados por vocês nos shows com ingressos solidários. Tudo isso num investimento com 100% de recursos próprios. Isso prova que a música brasileira, além do valor cultural, é uma importante fonte de riqueza para o nosso país. Queremos agradecer imensamente a todas as tribos que estiveram conosco nesses últimos meses. As tribos que estiveram lá para trabalhar, se divertir e fazer acontecer. As tribos que cantaram e se emocionaram junto com a gente. Realizamos um sonho e chegou aquele momento de se desintegrar novamente. Até quando? Só a música pode dizer. Com amor, gratidão e orgulho, Arnaldo, Carlinhos e Marisa ( Foto: @marcofroner)

Uma publicação compartilhada por Carlinhos Brown (@carlinhosbrownoficial) em