Tonico Pereira afirma que trabalhou com contrabando na adolescência

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator de 71 anos disse que o 'negócio' foi o único em que ganhou dinheiro

O ator Tonico Pereira.

O ator Tonico Pereira. Foto: Estevam Avellar/Globo/Divulgação

Tonico Pereira comentou sobre os novos negócios em que está investindo (um brechó, um centro de reabilitação fisioterapêutica e uma marca de joias) e negou ter ganhado dinheiro com qualquer um deles. O ator afirmou que o único em que teve lucros foi quando atuou com contrabando na adolescência.

"Sempre tive negócios. É uma coisa que vem comigo desde cedo. A atuação era para ser só um complemento. Acontece que nunca consegui ganhar dinheiro com nenhum deles. Pelo contrário, fali ou fui roubado em todos. Acabei arcando com os prejuízos com o salário de ator. O único negócio na minha vida em que ganhei dinheiro foi quando trabalhei como aviãozinho para o contrabando, na adolescência", relatou para a colunista Patrícia Kogut.

Pereira esteve na novela A Dona do Pedaço e disse que tem "muito medo de ficar sem trabalho". Por conta disso, ele conta que está sempre buscando alternativas, mesmo que não deem certo. "Felizmente, mesmo tendo feito coisas erradas, não estou devendo dinheiro."

O ator também comentou na entrevista sobre saúde, uma vez que teve cinco pneumonias e uma trombose enquanto estava na novela. "Bem de saúde eu não vou ficar nunca mais, mas estou estável e pronto para trabalhar", disse.

O vício em cigarro é outra barreira. "Meu médico me proibiu de fumar, mas eu não consegui. Tenho tentado diminuir. Infelizmente é um vício maldito que me acompanha desde sempre. Fumo desde os oito anos de idade", contou.