TJ Miller nega acusação de bullying contra atriz de 'Silicon Valley'

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator, que já foi acusado de abuso sexual e preso por falsa denúncia de bomba, afirma que não cometeu assédio moral contra colega de trabalho

Comediante T.J. Miller.

Comediante T.J. Miller. Foto: Mario Anzuoni/Reuters

A atriz Alice Wetterlund chamou o seu coprotagonista TJ Miller, da série de televisão Silicon Valley, de "pirralho petulante e valentão" em um tuíte do mês passado. O assunto parecia ter acabado por aí, mas, na última quarta-feira, 15, o ator tocou no assunto durante o programa de rádio Jim Norton & Sam Roberts.

Miller, que também atuou em Deadpool, disse que as alegações de Alice sobre o assédio moral são mentirosas. "Eu enceno um idiota na televisão, mas eu não sou um valentão na vida real, nunca", afirmou. "Eu não acredito que alguém a esteja intimidando, mas obviamente houve uma desunião [com os membros do seriado] porque ela estava dizendo essas coisas ruins sobre mim e atacando o elenco masculino de Silicon Valley".

Veja abaixo a postagem.

As polêmicas envolvendo o ator vão além desse episódio. O comediante foi preso em abril deste ano após denunciar uma falsa ameaça de bomba em um trem. Os investigadores concluíram que ele não estava no local e fez a alegação com o objetivo de atrapalhar uma mulher com quem teve desavenças.

Além disso, o artista já foi denunciado por agressão sexual na Universidade George Washington, onde ele estudou e onde a suposta vítima fazia aulas, embora não estivesse matriculada.