The Who interrompe show após vocalista Roger Daltrey perder a voz

Redação - O Estado de S.Paulo

Grupo prometeu que honraria os ingressos do público com uma nova apresentação, ainda a ser agendada

Banda The Who durante apresentação no Allianz Parque, em São Paulo, em setembro de 2017.

Banda The Who durante apresentação no Allianz Parque, em São Paulo, em setembro de 2017. Foto: JF Diorio/Estadão

A banda The Who interrompeu um show em Houston após o vocalista Roger Daltrey perder a voz durante a apresentação nesta quarta-feira, 25.

O lendário grupo de rock britânico tinha tocado oito músicas quando Daltrey disse ao público: "Acho que devo parar".

O guitarrista Pete Townshend se desculpou, dizendo que Daltrey "realmente não pode falar agora". Ele comentou que o vocalista tem se consultado com um cirurgião vocal e prometeu que a banda honraria os ingressos da plateia em um show ainda a ser agendado.

O grupo também adiou shows que já estavam previstos para esta sexta-feira, 27, em Dallas e domingo, 29, em Denver. Daltrey, de 75 anos, e Townsend, de 74 anos, são os últimos membros originais da banda, formada há 55 anos.

No Instagram, o internauta Jim Koehn, que estava no show que foi cancelado, publicou uma foto dos dois artistas e disse que foram 45 minutos de apresentação.

Em março deste ano, Roger Daltrey e Pete Townshend anunciaram a turnê batizada de Moving On!, além do lançamento um novo álbum de músicas inéditas, depois de 13 anos.

The Who 'nasceu' em Londres, nos anos 1960, e já vendeu mais de cem milhões de discos em todo o mundo, com sucessos como Won’t Get Fooled Again e I Can See For Miles. Além de Daltrey e Townshend, a banda trazia o baterista Keith Moon e o baixista John Entwistle. 

Townshend, o principal compositor da banda e famoso por destruir sua guitarra no palco, sente-se grato por ainda poder se apresentar. "Roger e eu temos muita sorte de estar vivos", disse. "Temos sorte de sermos razoavelmente saudáveis. Temos sorte de ainda podermos tocar a música com a qual crescemos."

Com informações da AP