'Tenho muitas afinidades com algumas posições dele', diz Pedro Bial sobre Danilo Gentili

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentador deu sua opinião sobre apresentadores como Tatá Werneck e Fabio Porchat e relatou sofrimento com depressão: 'quase dois anos'

Pedro Bial e Danilo Gentili

Pedro Bial e Danilo Gentili Foto: Globo / Divulgação | Reprodução de 'The Noite com Danilo Gentili' (2019) / SBT

Pedro Bial deu sua opinião sobre diversos de seus colegas e concorrentes apresentadores em entrevista ao canal Pingue-Pongue com Bonfá no YouTube, em vídeo publicado nesta quinta-feira, 28.

Sobre Danilo Gentili, do SBT, por exemplo, opinou: "Acho ele excelente, um humorista muito bom, esperto, corajoso. Tenho muitas afinidades com algumas posições dele, algum pensamento dele. Às vezes ele é um pouco infantil, mas quem não é?"

Bial também elogiou Fabio Porchat, ex-apresentador do Programa do Porchat, na Record TV, a quem chamou de "genial": "Me apaixonei pelo Porchat desde o Porta dos Fundos, quando ele apareceu. Acho que o Fabio chegou pra ficar. Ainda tem muito tempo de carreira pela frente, é um craque."

Sobre Tatá Werneck, colega de emissora, derreteu-se: "Amo de paixão. Toda vez que ela manda 'chupa Bial' eu chupo! [risos]". Ao ouvir o nome de Jô Soares, o apresentador do Conversa com Bial fez uma reverência: "Em nome do pai, do filho, do espírito santo, amém!"

"Hoje fico só de espectador, batendo palmas para o Tiago Leifert", afirmou Bial sobre o BBB. O apresentador ficou à frente do reality show durante mais de uma década: "Tenho muito orgulho de ter participado desse fenômeno."

VEJA TAMBÉM: Conheça os participantes do Big Brother Brasil em 2019

Globo / Divulgação
Ver Galeria 37

37 imagens

Depressão

Em outro momento da entrevista, Pedro Bial relembrou que ele próprio chegou a sofrer com uma depressão, apesar de não ter pensado em se matar: "A minha [depressão], a fase crítica, [durou] uns seis meses. O processo todo, quase dois anos. Não é de uma hora pra outra".

Questionado se "depressão é frescura", foi enfático: "Não, de jeito nenhum! Inclusive, as coisas que as pessoas fazem, geralmente, pra deprimidos, são muito infelizes. 'Levanta, vai dar uma caminhada, vai ver o sol, isso aí não é nada'. É pior ainda pra pessoa deprimida ouvir isso. Depressão não é frescura".

Confira a entrevista completa de Pedro Bial abaixo:

VEJA TAMBÉM: Artistas que já falaram abertamente sobre saúde mental

Instagram / @pefabiodemelo
Ver Galeria 11

11 imagens