'Tenho medo de sair do Projac e ser atacada', diz Nathalia Dill

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz falou a respeito de problemas enfrentados por mulheres na sociedade brasileira

A atriz Nathalia Dill

A atriz Nathalia Dill Foto: João Miguel Júnior / Globo / Divulgação

A atriz Nathalia Dill falou a respeito de temas relacionados ao feminismo e à questão da legalização do aborto em entrevista à revista Cosmopolitan.

Apesar de afirmar nunca ter sofrido com assédio no ambiente de trabalho, contou que se sente assediada praticamente o tempo inteiro: "Nenhuma mulher se sente segura ao andar por aí sozinha. Eu mesma tenho medo de sair do Projac à noite e ser atacada. Essa é uma forma de prisão tão absurda..."

"Não somos estimuladas a nos tornarmos líderes e as portas não se abrem tão facilmente para nós em cargos de comando. Está vendo por que o feminismo é tão necessário?", afirma.

Nathalia também se posiciona favorável à descriminalização da prática do aborto, e justifica sua opinião: "As ricas quando têm uma gravidez indesejada abortam com segurança, enquanto as pobres morrem em lugares clandestinos. Isso é ser a favor da vida?"

A edição de maio da Cosmopolitan já está disponível nas bancas.

VEJA TAMBÉM: Artistas que sofreram abuso ou assédio e falam abertamente sobre isso