Taylor Swift lidera petição por direitos LGBTQ ao lançar nova música

Agência - Reuters

O documento conseguiu 222 mil assinaturas poucas horas após a divulgação

Taylor Swift durante show em Carson, na Califórnia.

Taylor Swift durante show em Carson, na Califórnia. Foto: REUTERS/Mario Anzuoni

A cantora e compositora pop Taylor Swift lançou nesta segunda-feira, 17, um clipe com participações de outras estrelas, repreendendo os críticos de redes socais e pedindo que seus fãs assinem uma petição que exige proteções legais para gays, lésbicas e pessoas transsexuais

O vídeo para o novo single de Swift You Need to Calm Down teve uma participação surpresa da ex-rival Katy Perry, além de uma série de outras celebridades. A participação sinaliza o fim da disputa entre as duas cantoras, que começou em 2013 por conta das cantoras de apoio em seus shows. 

Filmado em um estacionamento de trailers de tons pastéis, o vídeo apresenta Swift, de 29 anos, relaxando em uma piscina enquanto rebate seus críticos que atacam a população LGBT. “Sombras (ilusões) nunca fizeram ninguém ser menos gay”, canta Swift. 

As celebridades no clipe que se identificam como membros da comunidade LGBT incluem Ellen DeGeneres, Billy Porter, RuPaul, Jesse Tyler Ferguson, Adam Lambert, Hannah Hart e Tan France.

No final do vídeo, duas frases na tela pediam que os fãs assinassem uma petição que exige que o Senado dos Estados Unidos aprove uma legislação que protegeria a comunidade LGBT de discriminação. A medida já foi aprovada na Câmara dos Deputados. A petição conseguiu 222 mil assinaturas em poucas horas.